Ultima atualização: 20 de abril de 2020

Como escolhemos

9Produtos analisados

16Horas investidas

5Estudos avaliados

62Comentários coletados

Não há duvidas que os protetores solares desempenham um papel muito necessário, especialmente nos meses mais quentes. Hoje em dia, cada vez mais há quem prefere se proteger de uma exposição ao sol de uma maneira mais natural. Então, entra em jogo o protetor solar natural, fabricado livre de produtos químicos e tóxicos.

Existe uma tendência crescente em opções mais saudáveis em todos os âmbitos, desde a alimentação até a beleza ou cuidado com a pele. Os protetores solares naturais são caracterizados por incluir ingredientes que respeitam as peles mais sensíveis. Sua principal vantagem é que não irritam a pele, nem causam alergias. Neste guia, vamos responder suas dúvidas a respeito deste produto.

O mais importante

  • A maioria dos protetores solares naturais possuem filtros físicos. Os principais componentes destes produtos são o óxido de zinco e o dióxido de titânio.
  • Estes produtos não penetram na pele como fazem os protetores solares químicos, mas sim atuam na superfície, já que não invadem o organismo.
  • Sua eficácia começa desde o momento em que são aplicados, e não precisam ser aplicados com antecedência, como acontece com os protetores convencionais.

Os melhores tipos de protetor solar natural: Nossas recomendações

O sol é uma importante fonte de vitamina D. Embora a exposição a ele deva ser prudente. De forma prolongada, esta exposição pode causar queimaduras na pele. Portanto, o uso de filtro solar é essencial. Se você busca uma alternativa natural, sem químicos que podem ser nocivos para a pele, vamos mostrar algumas opções:

Para hidratar e proteger a pele

Este hidratante e protetor solar físico da Palm Natural é 100% natural e ecológico, com poder calmante e de proteger a pele aos nocivos raios solares. Ele espalha bem, possui um toque macio e sedoso e é resistente a água e suor. Pode ser usado por todos os tipos de pele, mas é recomendado especificamente para peles sensíveis ou oleosas.

Um protetor solar naturaI para o rosto

Este protetor natural facial da EltaMD é natural, combate o envelhecimento da pele. É levemente tonalizante, com resistência a água. Possui antioxidantes para neutralizar os radicais livres. Indicado para peles extra-sensíveis.

Guia de compras: Tudo que você precisa saber sobre o protetor solar natural

Se você é daqueles que prefere ficar longe de produtos de cuidado pessoal com químicos, vai se interessar em saber de alguns detalhes importantes sobre os protetores solares naturais. Estão aqui algumas das dúvidas mais frequentes destes produtos. Estes são alguns aspectos que você deve saber antes de adquirir um protetor solar natural.

girl applying lotion

Um dos benefícios de utilizar o protetor solar natural é que minimizam os riscos de alergias. (Fonte: Maridav: 13093410 / 123rf.com)

O que diferencia um protetor solar natural de um convencional?

O protetor solar natural, como seu nome indica, conta com uma fórmula a base de ingredientes de origem natural. Isso significa que não apresentam produtos químicos nem tóxicos potencialmente prejudiciais à pele (como pode acontecer com os convencionais).

Estes componentes químicos podem irritar a pele e são altamente poluentes para o meio ambiente. Da mesma forma, há filtros solares que impedem a obtenção adequada de vitamina D, que o sol fornece diretamente.

Além disso, os produtos químicos que os protetores solares comuns possuem, podem interferir na química do corpo de maneira perigosa. Por outro lado, os protetores naturais atuam apenas na superfície da pele.

Quem pode usar o protetor solar natural?

Devido à sua condição, o protetor solar natural é um produto que qualquer pessoa pode usar. No entanto, é especialmente indicado para pessoas mais vulneráveis e que, de alguma forma, podem ser afetadas pelo uso de protetores solares convencionais.

É o caso de crianças, idosos, gestantes e pessoas com a pele sensível. Por possuírem fórmula de ingredientes orgânicos e naturais, são 100% inofensivos e, portanto, adequados para qualquer pessoa.

Para isso, você deve sempre prestar atenção que o filtro não seja químico, mas sim físico. Este tipo de filtro atua como um espelho, ou seja, reflete a radiação solar que a pele recebe e, posteriormente, a desviam.

foco

De acordo com o Ministério da Saúde, o protetor solar natural possui minerais benéficos que atuam como uma barreira. Não leva produtos químicos e parabenos, nocivos para a nossa pele.

Quais são os benefícios do protetor solar natural?

Os protetores solares são feitos para isolar a pele dos efeitos nocivos do sol. Isso quer dizer que ficarão livre de vermelhidões, irritações e queimaduras próprias da ação solar, mas também de outras consequências a longo prazo, como manchas, envelhecimento da pele ou câncer.

No caso específico dos protetores solares naturais, os benefícios se multiplicam. Por exemplo, minimizam o risco de alergias ocasionadas pelas substâncias químicas dos protetores solares convencionais.

Além disso, estes produtos oferecem um cuidado extra com a pele, pois contém ingredientes como o Aloe Vera ou óleos essenciais.

Qual a diferença entre um protetor solar e um bloqueador?

Você pode nunca ter pensando nisso, mas um protetor solar e um bloqueador não são a mesma coisa. Enquanto o protetor solar reduz a radiação que penetra na pele, o bloqueador impede sua passagem completamente.

Também possuem texturas diferentes. O bloqueador é mais espesso e esbranquiçado que o protetor e mais difícil de espalhar. Em relação a proteção oferecida, é possível encontrar bloqueadores que protegem tanto dos raios UVA como UVB.

No entanto, os protetores solares, em geral, apenas isolam a pele da radiação UVB, e nem todos do raio UVA. Além desses, você também deve ter ouvido falar de outros produtos como o filtro solar.

Beautiful woman applying sunscreen on her legs

Escolha o protetor solar natural de acordo com o seu tipo de pele. (Fonte: Ekaterina Pokrovsky: 29322766 / 123rf.com)

Como e quando devo aplicar o protetor solar natural?

Em geral, os fabricantes dos protetores solares recomendam sua aplicação pelo menos 30 minutos antes da exposição ao sol. Essa é a margem que os componentes precisam para garantir a proteção ideal da pele.

O protetor solar natural faz efeito desde o momento que é aplicado.

Por outro lado, os protetores solares naturais cumprem seu papel desde o instante que são aplicados. Isso quer dizer que não é preciso aplicar com antecedência, já que, graças à sua fórmula, funcionam imediatamente.

Como vantagem adicional, eles agem desde o momento que são aplicados na pele. Os modelos resistentes á água possuem um tempo efetivo que deve ser considerado, em geral até 60 minutos de imersão.

Abaixo, vamos mostrar algumas dicas para um bronzeado sem riscos:

O que fazer O que não fazer
Tomar sol gradualmente Tomar sol nas horas centrais do dia (entre 12h e 15h)
Seguir as indicações em relação a frequência de uso Ignorar seu tipo de pele ao escolher o produto
Usar protetor resistente a água Escolher um tipo que não proteja dos raios UVA

O protetor solar natural é adequado para qualquer parte do corpo?

O mais comum é que o protetor solar natural seja adequado tanto para o corpo como o rosto, da mesma forma que os convencionais.

Obviamente, no mercado é possível identificar modelos específicos para cada parte do corpo e, inclusive, para o cabelo. Os ingredientes de cada produto é o que faz a diferença.

Por exemplo, é normal que a fórmula de um protetor solar facial possua alguns componentes antimanchas. As embalagens costumam ser menores, de forma que seja fácil de carregar. Além disso, o tipo de pele indicado estará informado. Por sua vez, os ingredientes hidratantes e anti-ressecamento não podem faltar nos protetores para o corpo.

O que é o óxido de zinco e por que está presente na maioria dos protetores solares naturais?

A primeira coisa que você precisa saber em relação aos protetores solares naturais é que possuem filtros físicos, não químicos. Eles não são absorvidos pela pele, mas permanecem em sua superfície.

Um dos filtros físicos mais utilizados é o óxido de zinco, embora também seja utilizado o dióxido de titânio. Ambos são inofensivos e respeitam a natureza.

O zinco é um mineral com propriedades muito benéficas para a pele. Entre elas, se destaca por ser um excelente combatente no envelhecimento da pele e também proporciona proteção total contra os raios UVA E UVB.

Neste ponto, é importante ressaltar a importância de apostar no óxido de zinco, mas que não utilize nanopartículas, pois podem causar danos ao ecossistema.

foco

Você sabia que uma das vantagens de utilizar o protetor solar natural é que não penetram no organismo já que ficam apenas na superfície cutânea?

O que significa o fator de proteção solar (FPS)?

Cada protetor solar possui suas características, mas se você observar, todas as embalagens possuem em comum as siglas FPS. Estas indicam o fator de proteção solar que o protetor em questão possui e são acompanhados de um valor, que podem ir desde o 5 até mais de 50.

Esse valor é um índice que marca a proteção contra os raios ultravioleta. Para escolher a melhor opção, é necessário considerar o tipo de pele e outros fatores. Quanto maior o valor, maior a proteção.

As peles mais claras precisam de um FPS 50 ou maior, enquanto as mais escuras podem utilizar um protetor de FPS 20 ou 30. Considere também a exposição ao sol que você vai passar, ou seja, se será intensa ou moderada.

O que devo considerar ao utilizar um protetor solar á prova d'água?

A maioria dos protetores solares naturais são á prova d'água, já que realizam sua função inclusive em condições de sudorese ou imersão na água. Isso é especialmente útil para quem toma sol na praia ou piscina.

Por ser resistente a água, não será necessário renovar a aplicação continuamente. No entanto, é aconselhado ler as indicações do fabricante em relação a esta característica.

Dependendo do modelo e fórmula, os protetores continuarão sendo eficazes até um certo limite de tempo de imersão na água. Há alguns que resistem até 40 minutos na água, outros 60 e, inclusive, há alguns que podem suportar até 80 minutos sem perder sua efetividade.

girl at the beach

Os protetores solares naturais são amigáveis com o meio ambiente. (Fonte: Wavebreak Media Ltd: 78412662/ 123rf.com)

Critérios de compra

Com a chegada do verão e do bom tempo, é indispensável contar com um bom protetor solar. Se você prefere alternativas naturais mas, talvez, ainda está um pouco perdido, abaixo vamos mostrar alguns critérios de compra para uma decisão 100% acertada. Estes são os aspectos que você deve considerar:

Ingredientes

Para garantir que, de fato, o protetor solar é natural mesmo, não resta outra alternativa além de analisar seus ingredientes.

Apenas os produtos formulados a base de componentes orgânicos e naturais são os que estão falando a verdade. Um dos ingredientes mais frequentes é o Aloe Vera, por suas propriedades hidratantes.

Mas não é o único, já que este tipo de protetor solar se destaca pela inclusão de alguns ingredientes muito inspiradores, como a manteiga de karité, o óleo de coco ou a rosa mosqueta.

Componentes antioxidantes como o chá verde ou a vitamina C se somam a outros como os óleos essenciais que ficam na pele com seus aromas doces e agradáveis.

foco

Você sabia que utilizar o protetor solar ajuda a prevenir o câncer de pele? É recomendado usar protetores solares de ampla proteção, com FPS 30 ou mais, que inclua a proteção contra os raios UVB e UVA.

Garantia

Por sua composição a base de ingredientes de origem natural, estes protetores solares são biodegradáveis e respeitam o meio ambiente. Para estar totalmente seguro que é assim mesmo, convém comprovar que o produto possua algum selo de garantia de cosmético natural. O normal é que seja bem visível na embalagem.

Há selos certificadores próprios de cada país e outros a nível internacional. No Brasil, o mais conhecido é o selo ECOCERT, que reconhece as empresas que se comprometem com o desenvolvimento de uma agricultura orgânica e sustentável.

Proteção

A proteção fornecida pelo produto é outro fator que você deve considerar. O ideal é escolher um modelo que proteja contra a radiação UVB e UVA. Em relação ao primeiro cenário, isso é definido pelo FPS, indicado com valores que vão de 5 a 100.

Para escolher o FPS correto, considere seu tipo de pele e o tempo que você vai passar exposto ao sol. Ao contrário dos raios UVB, os UVA não causam queimaduras na pele, se bem que isso não significa que sejam inofensivos.

Os efeitos, nestes casos, variam de manchas na pele até erupções cutâneas. Portanto, é recomendado que o protetor solar escolhido também proteja contra a radiação ultravioleta. Esta é capaz até de atravessar algumas roupas.

Embalagem

Além de observar que a embalagem contenha a quantidade de produto que você vai necessitar, é recomendado que você escolha um que tenha uma fácil aplicação.

Neste contexto, podemos falar de três opções: protetor solar natural em spray, loção ou creme. Cada um com suas vantagens e desvantagens. O formato em spray se destacada por seu uso simples e, além disso, alcança as áreas de difícil acesso. Certifique-se de espalhar bem o produto antes de evaporar.

A loção se caracteriza por sua textura leve e rápida absorção. Por sua vez, o creme tem a textura mais comum, embora exija um maior esforço até que seja completamente absorvido pela pele.

Filtro

Por último, você deverá examinar qual tipo de filtro solar utiliza o protetor. Há duas opções: filtro solar químico e físico.

O primeiro tem a vantagem que absorve rapidamente, mas não é natural. Como seu nome indica, é fabricado com componentes químicos como avobenzona, oxibenzona ou oxinoxato, que podem obstruir os poros da pele.

Os filtros físicos são os mais recomendados, pois contam com partículas maiores que não podem ser absorvidos pela pele.

Eles atuam na superfície da pele, sem penetrar. Memorize a inscrição no-NANO, que significa que não utiliza nanotecnologia e, portanto, não libera partículas microscópicas que podem ser prejudiciais.

Resumo

Os protetores solares naturais não são apenas benéficos para a pele, mas também para o meio ambiente. Por este motivo, são uma ótima escolha na hora de ir para a praia, piscina ou, em geral, se expor ao sol. Compostos por ingredientes de origem natural, são responsáveis por cuidar da pele sem irritá-la, nem causar reações alérgicas.

A tecnologia avança e cada vez mais estes protetores possuem uma melhor absorção e uma boa resistência a água. O melhor é que são livres de químicos, tóxicos e outros componentes artificiais que podem interferir no organismo. Apostar nele é apostar na sua saúde e das pessoas que estão próximas.

O que você achou do nosso guia de compras? Deixe um comentário logo abaixo e compartilhe em suas redes sociais!

(Fonte da imagem destacada: Dolgachov: 38818513 / 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Formada em jornalismo pela Universidad Complutense de Madrid, trabalha como redatora freelancer desde 2012. Nesse período, combinou suas duas paixões: escrever e viajar. E com o UniversoDelas, tudo fica mais fácil. Temos uma equipe profissional que se esforça para levar até o leitor as informações mais apuradas.