A menstruação é um fenômeno fisiológico que as mulheres vivenciam todos os meses. No entanto, só porque é normal não significa que seja agradável. Na verdade, costuma ser exatamente o oposto. E o coletor menstrual surgiu para auxiliar as mulheres nesse momento delicado.

Muitas mulheres associam o período menstrual a dias de dor, mudanças de humor, inchaço e desconforto geral, entre outros sintomas. Ao longo da história, diferentes avanços foram desenvolvidos, proporcionando às mulheres maior conforto e higiene durante o período menstrual. O coletor menstrual, por exemplo, é um produto econômico, seguro e amigo do meio ambiente. Quer saber mais? Então continue lendo este Guia!

O mais importante

  • O coletor menstrual é uma alternativa aos absorventes. Ao contrário dos absorventes internos e externos, ele não absorve o fluxo menstrual, mas o retém.
  • O coletor menstrual é inserido na vagina. Uma vez cheio, basta jogar seu conteúdo no vaso sanitário e dar descarga.
  • Ele pode ser usado por até 12 horas e dura em média 10 anos.
  • Existem diferentes materiais, tamanhos e modelos de coletor menstrual. Trata-se de uma alternativa aos absorventes que é econômica e amiga do meio ambiente.

Ranking: Os melhores modelos de coletor menstrual no mercado

Nesta seção, você encontrará uma lista com os 5 melhores modelos de coletor menstrual disponíveis no mercado. E também resumimos as principais características de cada um deles para facilitar a comparação. Essas informações serão muito úteis na hora de decidir qual coletor menstrual melhor se adapta às suas necessidades.

1º – Coletor Menstrual, Inciclo

O coletor menstrual Inciclo é fabricado em silicone medicinal transparente de alta qualidade e de fácil higienização. Ele só precisa ser trocado a cada 12 horas, bastando lavar com água corrente e sabão neutro. Também é vendida separadamente uma panelinha para esterilização do produto.

Esse é o modelo teen, exclusivo no Brasil para meninas desde a primeira menstruação até os 19 anos. Sua fórmula é livre de corante, látex, gel, bisfenol, dioxina, cola, perfume, pesticidas e nem agentes branqueadores. Não é testado em animais.

O mais interessante é que a marca oferece 1 ano para testar. Se nesse tempo você não se adaptar ao produto, pode solicitar seu dinheiro de volta!

2º – Kit Coletor Menstrual Tipo 2, Fleurity

Feito de silicone medicinal hipoalergênico, Fleurity é flexível e se adapta facilmente ao canal vaginal, se tornando imperceptível. É reutilizável e tem vida útil de até 10 anos. Com o Fleurity, é possível realizar suas atividades físicas normalmente, mesmo que tenha fluxo intenso. E também oferece conforto e proteção durante o sono.

Este kit é composto por 2 coletores do tipo 2 nas cores rosa e roxo, um manual de instrução e dois saquinhos de algodão para armazenar o produto. O pigmento utilizado é hipoalergênico e recomendado pelo fabricante do silicone. Este modelo é indicado para mulheres com menos de 30 anos e que não passaram por gestação. O coletor tipo 2 possui 40 mm de diâmetro, 83 mm de comprimento (com haste) e capacidade para 25 ml.

3º – Coletor Menstrual, Korui

O coletor menstrual da marca Korui é 100% em silicone medicinal e livre de componentes químicos e perfumes, sendo naturalmente hipoalergênico. Furos inclinados permitem a retirada do vácuo sem prejudicar a capacidade do produto. Suas ranhuras em alto relevo facilitam sua remoção e a haste flexível oferece maior conforto durante o uso.

Por ter um formato mais largo, é um coletor compacto com máxima capacidade. Além disso, é um produto produzido no Brasil. O coletor Korui está disponível em três tamanhos: Leve, Normal e Intenso e uma ampla variedade de cores: verde, lilás, transparente, azul, amarelo, vermelho, laranja e rosa.

4º – Easy Cup Coletor Menstrual, Lumma

O Coletor Menstrual Easy Cup da marca Lumma garante até 12 horas seguidas de proteção sem restringir sua liberdade de movimento. Você pode praticar esportes, correr e até mesmo nadar. Fabricado 100% em silicone medicinal, é hipoalergênico, lavável e reutilizável.

Este modelo, com 42 mm, é indicado para mulheres com menos de 30 anos e sem filhos de parto normal. A Lumma é a marca que oferece maior variedade de tamanhos, totalizando 10 modelos.

5º – Coletor Menstrual, Violeta Cup

Feito de silicone medicinal hipoalergênico, o Coletor Menstrual Violeta Cup Tipo B é indicado para mulheres com fluxo de leve a intenso. Ele tem um design especialmente pensado para gerar mais praticidade no dia a dia. Com ele, você pode praticar exercícios e até atividades aquáticas sem medo.

Guia de Compras: O que você precisa saber sobre o coletor menstrual

Antes de comprar um coletor menstrual, é importante conhecer os principais aspectos desse produto. Veja a seguir as características mais relevantes na hora de escolher o seu coletor menstrual. Na sequência, responderemos às perguntas frequentes das consumidoras.

Mulher segurando coletor menstrual.

Para lembrar: os materiais mais frequentemente usados são o silicone medicinal, o elastômero termoplástico e o látex. (Fonte: Antonio Diaz: 120173724 / 123rf.com)

O que exatamente é o coletor menstrual?

O coletor menstrual é um recipiente que deve ser inserido na vagina para reter o fluxo menstrual durante a menstruação. É um método muito simples que visa conter o sangramento durante o período menstrual, quase como os absorventes internos ou externos. No entanto, ao contrário desses dois, o coletor menstrual não tem propriedades absorventes.

Quando inserido na vagina, o coletor serve como um reservatório do fluxo menstrual. Ou seja, não absorve, mas o armazena como qualquer recipiente. O coletor é então removido e seu conteúdo é descartado no vaso sanitário.

foco

Portanto, um de seus pontos fortes é não ser descartável, ao contrário dos absorventes internos e externos.

Por que se recomenda o uso do coletor menstrual?

O coletor menstrual tem várias vantagens que o tornam uma excelente opção a se considerar. Para começar, é muito prático, uma vez que pode ser usado por horas sem precisar esvaziar. Além disso, é imperceptível e muito seguro, e não limita as atividades cotidianas.

Economicamente, a vantagem é evidente, uma vez que não há necessidade de investir dinheiro em absorventes todos os meses. Lembre-se de que um único coletor pode durar até 10 anos. Graças à sua incapacidade de reter germes, não há risco de infecções. De preço acessível, ainda é fácil e prático de usar.

Maria Elena CarrerasPresidente da Sociedade Catalã de Ginecologia e Obstetrícia

“Nos dias de hoje, o coletor menstrual é a opção mais cômoda, econômica, saudável e que mais respeita o meio ambiente”.

Por fim, deve-se notar que o coletor menstrual é amigo do meio ambiente, pois diminui a quantidade de poluição e do lixo tóxico deixado pelos absorventes. Em suma, trata-se de uma alternativa confortável que oferece grandes vantagens que não se limitam apenas à praticidade, mas também à higiene e ecologia.

Como seria um coletor menstrual?

O coletor menstrual é encontrado em diferentes modelos. E também estão disponíveis em diferentes formatos, materiais e cores. O modelo mais comum tem o formato de um funil. Tem a borda mais larga e vai se estreitando até embaixo, formando um bico na ponta.

Esse “bico” permanece dentro da vagina e auxilia na remoção do coletor. Funciona como aquela cordinha que os absorventes internos têm para serem puxados. A maioria dos coletores tem dois furos na parte superior, que permitem a entrada de ar. Assim, o coletor pode se dilatar dentro da vagina e executa sua função.

Mulher segurando coletor menstrual.

Economicamente, a vantagem é evidente, uma vez que não há necessidade de investir dinheiro em absorventes todos os meses. (Fonte: Josep maria suria: 99373421 / 123rf.com)

Alguns modelos são graduados, o que ajuda a medir o fluxo. O coletor menstrual é especialmente flexível. Assim, pode ser facilmente dobrado e inserido na vagina, como se fosse um absorvente interno. É essa mesma flexibilidade que permite que o produto se abra uma vez introduzido na vagina, tomando sua forma original.

De que é feito o coletor menstrual?

O coletor menstrual pode ser feito de diversos materiais, e todos muito flexíveis. Os mais comuns são silicone medicinal, elastômero termoplástico (TPE) e látex. Como um aditivo, alguns contêm certos corantes alimentícios. Isso explica as cores diferentes que podemos encontrar à venda.

Os materiais mencionados são altamente seguros. São livres de composto químicos potencialmente irritantes, bem como substâncias alergênicas. Não prejudicam a flora vaginal e normalmente não provocam ressecamento, arranhões nem liberam partículas de material.

Como o coletor menstrual funciona e como deve ser usado?

Como já mencionamos, o coletor menstrual é inserido na vagina e atua como um recipiente que retém o fluxo menstrual. À primeira vista, pode até parecer complicado, mas na verdade é muito fácil usar o coletor menstrual, por isso não precisa ter receios. Para começar, dobre o coletor até ele ficar de um tamanho apropriado para uso.

Em seguida, insira-o na vagina como se fosse um absorvente interno. Ele deve ser inserido até uma profundidade de onde possa ser extraído pela ponta inferior. Um coletor costuma ter 30 ml de capacidade e, por isso, é possível usá-lo por até 12 horas consecutivas, dependendo da quantidade do fluxo menstrual. Uma vez cheio, o coletor deve ser removido.

Para remover o coletor, basta puxar a ponta inferior, que é mais rígida. Depois, basta descartar o conteúdo no vaso sanitário. Após o uso, o coletor deve ser lavado minuciosamente com água e detergente. Assim, ele estará pronto para novo uso. No final do ciclo menstrual, também é aconselhável esterilizar o coletor na água fervente, deixando pronto para uso no próximo mês.

Existem quais tipos de coletor menstrual?

Se cada mulher é diferente, faz sentido que os coletores não sejam todos iguais. Por isso, existe uma grande variedade de coletores menstruais disponíveis no mercado. Eles podem ter diferentes materiais, formas, cores e dimensões. Desta forma, o produto se adapta a todas as mulheres.

Quanto aos modelos e formas, além do tipo padrão, em forma de funil, existe o tipo em diafragma. Em relação às dimensões, existem vários tamanhos que variam de acordo com a marca. Os materiais já foram discutidos acima. Veja, na tabela a seguir, uma comparação entre os diferentes tipos de coletor menstrual.

Tipos de coletor menstrual Características
Formato ou modelo Funil
Diafragma
Material Silicone medicinal
Elastômero termoplástico (TPE)
Látex
Tamanhos ou dimensões Pequeno (fluxo leve ou teen): mede cerca de 41 mm e tem até 25 ml de capacidade. Indicado desde a primeira menstruação até os 18 anos sem relação sexual
Médio (fluxo normal, tipo 2 ou B): mede cerca de 43 mm e tem de 25 a 29 ml de capacidade
Grande (fluxo intenso, tipo 1 ou A): mede cerca de 46 mm e tem até 34 ml de capacidade

Quando devo trocar e limpar o meu coletor menstrual?

O coletor menstrual, ao contrário dos absorventes, é reutilizável. Uma vez utilizado, ele deve ser esvaziado, limpo e, em seguida, reinserido. A frequência de esvaziamento do coletor menstrual varia de acordo com a intensidade do fluxo menstrual de cada mulher. Em média, os coletores podem ser usados por aproximadamente 12 horas consecutivas.

No entanto, é aconselhável fazer isso num intervalo de tempo menor até se acostumar com o uso do coletor. O coletor menstrual é altamente resistente e seguro. Ele foi criado para ser reutilizado por até 10 anos. Após esse tempo, é aconselhável trocar o coletor menstrual por um novo.

foco

Você pode esterilizar seu coletor menstrual no micro-ondas. Coloque uma tigela com água (sem o coletor!) no micro-ondas e aqueça até o ponto de fervura. Retire o recipiente do micro-ondas e, em seguida, insira o coletor menstrual na água fervente.

O coletor menstrual pode ser usado durante o sexo?

É muito importante notar que o coletor menstrual não é um método contraceptivo. Ele atua como uma barreira de retenção do fluxo menstrual, mas não retarda a passagem do esperma na vagina. Além disso, não oferece proteção contra doenças sexualmente transmissíveis. Portanto, ele não deve ser usado como um contraceptivo em hipótese alguma.

No entanto, certos modelos de coletor menstrual podem ser usados durante o sexo. Este é o caso do modelo descartável em diafragma. Ele é especialmente flexível e macio, e é inserido num ponto mais profundo da vagina. Os coletores tradicionais se localizam num ponto mais externo, pois são inseridos na parte inferior da vagina.

Coletores mentruais coloridos.

Existe uma grande variedade de coletores menstruais. Eles podem ter diferentes materiais, formas, cores e dimensões. (Fonte: sergiobarrios: 79704992 / 123rf.com)

O que diferencia o coletor menstrual dos absorventes internos e externos?

Embora tenham a mesma finalidade, os absorventes se diferem bastante do coletor menstrual. Por um lado, são descartáveis, enquanto o coletor é reutilizável e pode durar até 10 anos. Isso tem um impacto considerável para o meio ambiente e a economia das consumidoras.

O coletor menstrual também é mais seguro para a saúde do que as outras opções. Por ser feito de material não reagente, não está associado ao desenvolvimento de infecções. Já os absorventes internos já foram associados à síndrome de choque tóxico, candidíase e outras condições. O coletor também não causa ressecamento local.

foco

Você sabia que os primeiros modelos de coletor menstrual remontam a 1937?

Quais são os riscos associados ao uso do coletor menstrual?

Apesar dos muitos benefícios do coletor menstrual, ele também tem suas desvantagens. Entre elas, as dificuldades iniciais relacionadas ao uso do produto. Por exemplo, dificuldade para remover o coletor da vagina ou o desconforto causado quando ele é inserido de forma errada.

Além disso, pode ocorrer vazamentos nos primeiros dias. Isso geralmente acontece por não se utilizar um coletor do tamanho certo ou por não o inserir corretamente. Os coletores transparentes podem ficar amarelados com o tempo, dando impressão de sujeira. Mas isso pode ser facilmente evitado pelo uso de um coletor menstrual colorido.

Quais são os prós e os contras de coletor menstrual?

Resumindo, o coletor menstrual é uma opção confortável, segura e amiga do meio ambiente. Em comparação com os absorventes internos e externos, oferece diversas vantagens. No entanto, também tem seus inconvenientes. Veja a seguir um resumo com as vantagens e desvantagens do coletor menstrual.

Vantagens
  • Variedade de tamanhos e modelos
  • Menor frequência de troca
  • Menor gasto financeiro
  • Menor risco de infecções
  • Não resseca nem prejudica a vagina
  • Respeita o meio ambiente
Desvantagens
  • Dificuldades iniciais de adaptação
  • Vazamentos quando não colocado corretamente

Critérios de Compra

O coletor menstrual é um produto delicado, por isso, é preciso ter alguns aspectos em mente na hora da compra. Nós listamos abaixo os fatores mais importantes que você deve levar em conta ao escolher seu produto. Assim, você poderá tomar a decisão certa. Os aspectos são:

  • Tamanho
  • Material
  • Cor
  • Modelo
  • Modelos descartáveis

Tamanho

Você encontra coletores menstruais de diversos tamanhos e capacidades. Embora alguns recomendem a compra do coletor de acordo com a intensidade do fluxo menstrual, algumas marcas afirmam que essa escolha deve ser feita levando em conta a anatomia vaginal, que pode ser influenciado por diferentes fatores:

  • Adolescentes de até 18 anos: Recomenda-se o tamanho menor, especialmente na ausência de relações sexuais com penetração. Esse coletor pode ser identificado como teen ou fluxo leve, dependendo da marca.
  • Mulheres entre os 18 e 30 anos, que nunca se submeteram a parto normal: Recomenda-se o tamanho médio, identificado como fluxo normal, tipo 2 ou B, dependendo da marca.
  • Mulheres acima dos 30 anos ou que de qualquer idade que tenham se submetido ao parto normal: Recomenda-se o tamanho maior, identificado como fluxo intenso, tipo 1 ou A, dependendo da marca.

Deve-se levar em conta também nossa composição física, que também afeta essas recomendações. Por exemplo, uma mulher com quadris largos e estatura alta pode precisar de um coletor grande apesar de nunca ter tido um parto vaginal, e uma mulher pequena pode usar o coletor menor apesar de ser sexualmente ativa.

Material

Outra variação que podemos encontrar é o material com o qual o coletor menstrual é fabricado. Lembre que os materiais mais utilizados são o silicone medicinal, o elastômero termoplástico e o látex. Todos são altamente seguros. Não há riscos de infecção.

Todos os três oferecem uma consistência e textura semelhantes. São materiais de grande flexibilidade e eficácia na retenção do fluxo menstrual. Portanto, sinta-se à vontade para escolher o coletor menstrual que melhor se adaptar às suas preferências. Também é necessário avaliar possíveis alergias ou intolerâncias, como é comum com o látex.

Imagem de mulher segurando coletor menstrual.

O coletor menstrual oferece inúmeras vantagens que o tornam uma excelente opção a se considerar. (Fonte: Pablo Hidalgo: 85269922 / 123rf.com)

Cor

Como dissemos nas seções anteriores, o mercado de coletores menstruais oferece uma grande variedade de produtos. Com isso, podemos encontrar produtos de diversas cores. Os mais comuns são rosa ou roxo. No entanto, há também amarelo, azul, verde e todas as cores imagináveis.

Não existe nenhum critério para a escolha de uma cor ou outra. A funcionalidade do produto é a mesma, independentemente da cor. Portanto, deixe-se guiar única exclusivamente por sua própria preferência. O corante utilizado é completamente seguro e atóxico, por isso não se preocupe.

Imagem de pessoa segurando coletor menstrual em uma mão e absorventes internos em outra.

Um único uso do coletor menstrual substitui cinco absorventes internos. (Fonte: David-Pereiras-Villagrá: 77480481 / 123rf.com)

Modelo

Embora a maioria dos coletores tenham formato de funil, existe mais de um modelo à venda. Um deles é o de diafragma. Ele foi criado para ser colocado logo abaixo do colo do útero. Portanto, pode ser usado durante o sexo, o que o diferencia dos outros modelos.

Alguns modelos têm rugosidades que permitem uma melhor aderência à parede vaginal. Isso os torna mais confortáveis. Para as iniciantes, é aconselhável escolher um coletor menstrual que seja fácil de remover. Por exemplo, uma haste mais alongada ou anatômica.

Existem também modelos com estojo, que são práticos de carregar e esterilizar.

Modelos descartáveis

Existem alguns modelos descartáveis, criados especialmente para o uso num único ciclo. Embora essa opção não seja tão boa para o meio ambiente quanto o coletor menstrual reutilizável, os coletores descartáveis oferecem maior autonomia durante viagens nas quais você não quer transportar ou esterilizar seu coletor.

Resumo

O coletor menstrual é a mais moderna opção para a retenção do fluxo menstrual. Suas vantagens superam de longe os absorventes tanto internos quanto externos. É uma alternativa confortável e muito prática, além de altamente segura. Como se não bastasse, é a opção mais econômica e amiga do meio ambiente.

Cansada de gastar parte do seu salário com absorventes? Cansada de ter que trocar o absorvente várias vezes ao dia? Esqueça todos esses problemas e passe a usar o coletor menstrual. Ele pode ser usado por até 12 horas seguidas, e você não vai nem perceber. Além disso, você não terá que comprar um novo por 10 anos!

E agora, já sabe qual coletor menstrual vai comprar? Se você gostou do nosso Guia, compartilhe nas redes sociais ou deixe um comentário.

(Fonte da imagem destacada: Yulia Grogoryeva: 41240167 / 123rf.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
36 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...